Conecte-se conosco

Polícia

Decrab esclarece furto de maquinário avaliado em mais de R$ 250 mil em Camaquã

Publicado

em

No dia 3 de dezembro foi registrado na DPPA Camaquã o furto de um trator Massey Ferguson modelo 7150, avaliado em R$ 165.000,00 e de uma plantadeira de 12 linhas, marca Massey Ferguson avaliada em R$ 90.000,00. Segundo o registro de ocorrência, o fato ocorreu no dia 1º de dezembro e as vítimas foram avisadas por volta das 22:00 horas.

Depois de formalizado o registro a Delegacia Especializada em Crimes Rurais e Abigeatos assumiu as investigações, mantendo contato com as duas vítimas, ambos moradores da cidade de Erechim e que arrendaram uma área rural no interior do município de Camaquã, na localidade de Areal. Segundo relato os implementos foram adquiridos no mês de setembro, na cidade de Cachoeira do Sul, onde formalizaram um contrato da compra de 3 implementos os quais seriam pagos através do plano safra, em 5 parcelas anuais, com vencimento sempre no mês de junho, à partir do ano de 2020. Por uma questão de transporte e por não precisarem do 3º implemento neste momento, foi transportado para Camaquã o trator e a plantadeira.

Decrab esclarece furto de maquinário avaliado em mais de R$ 250 mil em Camaquã – Foto: Decrab Camaquã

Agentes da Decrab juntamente com uma das vítimas deslocaram na tarde do dia 3 até a propriedade arrendada para averiguar as circunstâncias do furto, uma vez que surgiram suspeitas quanto a autoria e também por divergência nas informações. Outro ponto que chamou a atenção dos agentes da Decrab foi o fato de que ocorreu um furto e não um roubo, ou seja, não aconteceu o emprego de violência e o fato ocorreu durante o dia.

Durante o trajeto a vítima relatou que o trator estava na localidade de Flor da Praia e que existia uma questão com referência ao contrato de compra, pois havia uma cláusula onde o pagamento de R$ 20.000,00 deveria ser efetuada até o dia 14 de novembro, mas que as vítimas alegavam não ter conhecimento quando da assinatura do contrato. No local os agentes da Decrab conversaram com os funcionários da propriedade e tomaram conhecimento de que a plantadeira foi transportada durante a tarde de segunda-feira dia 2 e que o trator foi carregado no domingo, também na parte da tarde e que nas duas ocasiões um homem se apresentou como proprietário dos implementos.

Graças as diligências os agentes da Decrab identificaram a placa do caminhão que transportou o maquinário. Foi apresentado fotos e o motorista do caminhão foi reconhecido, bem como o homem que se identificou como proprietário, que é o vendedor dos implementos que mora em Cachoeira do Sul. Da mesma forma uma das vítimas foi orientada a fazer contato via Watsapp com este vendedor e nas conversas ficou evidente que ele buscou os implementos em Camaquã, por não ter recebido o adiantamento de R$ 20.000,00 embora tenha efetuado vários contatos.

As vítimas alegaram que não efetuaram o pagamento, pois não conseguiram a liberação de financiamento para plantio. As vítimas após depoimento na Decrab Camaquã manifestaram que iriam tentar um entendimento satisfatório para todas as partes ou o cancelamento do contrato da compra dos implementos.

Diante dos fatos ficou comprovado que não ocorreu o crime de furto e que existe uma questão civil, desta forma a Delegada Carla Khun, responsável pela Decrab Camaquã, determinou a conclusão do procedimento e o encaminhamento ao Poder Judiciário, sem o indiciamento dos envolvidos.

Foto: Decrab Camaquã

O conteúdo do RS Agora é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Notícias da Semana