Conecte-se conosco

Notícias

Empresa de Erechim aposta em aplicativo para impulsionar comércio local

Publicado

em

O contador Bruno Costa, de 31 anos, era daqueles especialistas em acumular milhas e pontos em programas de vantagens. Com o uso, viu espaço para uma alternativa mais simples, um sistema que garantisse outras vantagens aos usuários e — por que não? — ajudasse o consumidor a fechar as contas no fim do mês.

Oportunidade de mercado identificada, transformou a ideia em negócio com cinco sócios em Erechim. Criou o aplicativo de fidelização MyClub que, em dois anos, tem 25 mil usuários em sete cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

— Os consumidores podem ganhar dinheiro fazendo o que já fazem normalmente, que é comprar, sem ter que investir nenhum centavo — afirma Costa.

A ideia funciona assim: o usuário vai à loja, escolhe um produto e, na hora de pagar, avisa para o caixa que tem conta no My Club. Então, a loja lança a transação no app. A cada compra, o consumidor recebe parte do valor de volta — para ser utilizado apenas em estabelecimentos parceiros do aplicativo. Costa explica que o app incentiva os usuários a montarem clubes: quem convida amigos para participar garante mais uma vantagem.

Empresa de Erechim aposta em aplicativo para impulsionar comércio local

Foto: RBS

— É o que se chama de Double CashBack. Os usuários devem ser convidados por alguém que já faz parte do My Club para participar do app. Sempre que um usuário consome, o amigo que o convidou também ganha reais em compras nos estabelecimentos — explica Costa.
Retorno financeiro
Para participar, os estabelecimentos pagam uma comissão para o MyClub quando vendem, que é repartida entre app, usuário e amigo que indicou. Para as lojas, as vantagens são fidelizar o cliente, estimular a busca de vantagens e organização financeira. Segundo Costa, o sistema aumenta vendas, valoriza o comércio local e aproxima consumidores e comerciantes.

— Tudo foi pensando para fomentar o consumo, esticar o bolso dos nossos consumidores. Sem limites de acúmulo, sem limites de utilização e sem prazo para utilizar — aponta Bruno.

Liriana Marcolin administra uma das lojas parceiras do MyClub e incentiva a ideia desde o início:

— O aplicativo fideliza os clientes, eles nos procuram. É retorno financeiro, a pessoa não gasta nenhum centavo a mais com isso.

Mais de 25 mil pessoas usam o aplicativo. Em dois anos, mais de R$ 35 milhões em vendas foram lançadas no app, que devolveu R$ 1 milhão para que os usuários usassem nos estabelecimentos parceiros. O impacto da adesão dos usuários fica evidente nos projetos de expansão da empresa. Em 2020, o objetivo é iniciar a operação em mais 30 cidades, em todo o país, por intermédio de franqueados. Olhando para o futuro, Bruno garante que persistir é o segredo para colocar boas ideias em prática.

— Empreender não é fácil, na verdade, existem vários erros. A gente erra bastante, mas do erro é que vem o aprendizado. Acho que um grande motivador é errar, mas com certeza evoluir e aprender com os erros.

Entenda melhor

Cashback: consumidor recebe de volta uma parcela do valor gasto em compras.
Double cashback: consumidor recebe duas vezes o valor de volta. Quando faz uma compra e quando um amigo, que ingressou na plataforma por um convite dele, faz uma compra.

Mais sobre o MyClub

  • O que é: aplicativo que devolve parte do valor da compra dos consumidores, em reais, e que permite que usuário receba também parte da compra dos amigos que convidar
  • Cidade: Erechim
  • Fundação: 2017
  • Responsável: Bruno Costa, 31 anos, contador
  • Número de colaboradores: 13
  • Onde já chegou: o aplicativo esta presente em sete cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. São mais de 25 mil usuários

A série Te Mostra, Rio Grande é uma iniciativa do Grupo RBS para valorizar ainda mais a forte raiz empreendedora gaúcha. Serão apresentadas 12 iniciativas de quem constrói e contribui para o nosso Estado. A série tem apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul e da Assembleia Legislativa.

Fonte: Gaúcha ZH

O conteúdo do RS Agora é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Notícias da Semana