Conecte-se conosco

Notícias

Grupo de empreendedores criam formula alternativa para fabricação de álcool em gel no RS

Publicado

em

A falta de matéria prima para a produção de álcool em gel, tem sido umas das preocupações em diversos setores, por conta da pandemia de Corona vírus.
Pensando nisso, um grupo de empreendedores desenvolveu uma matéria prima alternativa para a produção do mesmo, um produto eficiente, de qualidade e de grande importância nesta hora.
Na entrevista com Leonardo Leiser (CEO da Dumen Brasil, podemos conhecer um pouco de como isso foi feito e a forma que o gaúcho de Caxias do Sul, junto com seus parceiros de ideia e química conseguiram ajudar na produção do produto mais procurado no Brasil hoje.
LEONARDO- Sou empresário na área de importação, minha empresa é a Dumen Brasil.
Ao atender o pedido de diversos clientes para cotações de um produto (Carbomero – utilizado para fabricação de álcool gel, utilizado como espessante) percebemos a escassez desta matéria prima e todo o mundo, visto que este produto é fabricado em escala na China.Inclusive este é o questionamento de diversas pessoas: como pode um país que tem álcool em abundancia não ser capaz de produzir álcool em gel?
A resposta é que sem o espessante é IMPOSSIVEL transformar o álcool líquido em gel. E o detentor majoritário da produção deste componente são China e França, visto que a China não só vende o insumo pronto, mas também vende a matéria prima para a confecção do insumo.
Visto isso passamos a buscar alternativas, neste meio tempo eu e alguns amigos resolvemos iniciar pesquisas e testes de diversos tipos de insumo utilizados na área cosmética, mas que por conta das características químicas não foram levadas em conta pelos fabricantes de álcool em gel pelo processo de produção diferente do tradicional (vale aqui um adendo: as pessoas buscam a solução fazendo coisas e processos que já são feitos e esquecem que é possível fazer diferente para obter um mesmo resultado) um destes amigos é químico formulador de produtos. Ao observar a possibilidade de sucesso na formulação, juntos (empresa e amigos) fizemos investimento para iniciar uma serie de análises laboratoriais para chegarmos a uma formula alternativa (créditos ao parceiro engenheiro químico Rudney), com a mesma estrutura química em que o insumo utilizado fosse nacional e estivesse a disposição em abundancia para resolver este problema de falta de álcool em gel enfrentado em todo o mundo e no sábado dia 21/03 chegamos a um resultado.
O nosso maior intuito é que tenhamos o produto disponível em todo o brasil com um preço acessível a todos os públicos, inclusive é uma das condições para a parceria com os fabricantes, que vendam o produto a preço acessível. Não estaremos eliminando o vírus mas acredito que isso possa auxiliar na redução da sua disseminação, visto que a higienização com álcool atende uma das recomendações do ministério da saúde.
Os envolvidos no desenvolvimento são:
Leonardo Leiser e Fabio Martins da Dumen Brasil e Rudney Herkenhoff de Blumenau/SC que é Engenheiro químico e peça fundamental nesta formulação.

Nos colocamos a disposição das empresas de todo o Brasil que queiram auxiliar neste combate ao COVID-19 para que juntos possamos promover o acesso a este produto de extrema necessidade a população neste momento.
Vale ressaltar que a composição tem a mesma estrutura química do álcool tradicional, visto que o insumo provem da mesma “família” dos Carbomeros e que a descoberta está na formulação (forma de combinação dos insumos).

FOTO: laboratório onde o produto foi desenvolvido
Email para interessados em parceria na fabricação: [email protected]

O conteúdo do RS Agora é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Notícias da Semana