Conecte-se conosco

Polícia

Ex-funcionário executa vidraceiro a tiros por causa de R$ 20, em Caxias

Márcio José dos Santos, 38 anos, foi morto a tiros no início da madrugada desta segunda-feira (24), no bairro Santa Tereza, região do Desvio Rizzo, Zona Oeste de Caxias.

Publicado

em

Márcio José dos Santos, 38 anos, foi morto a tiros no início da madrugada desta segunda-feira (24), no bairro Santa Tereza, região do Desvio Rizzo, Zona Oeste de Caxias.

O crime ocorreu por volta das 00h10, na residência de número 242 da Rua Demétrio São Barreto. De acordo com informações de testemunhas a vítima trabalhava como vidraceiro e foi morta morta por um ex-funcionário que teria sido demitido após ter furtado um boné da empresa na última semana.

Conforme informações da polícia, durante o acerto de contas dos dias trabalhados houve um desacerto entre funcionário e patrão. O dono da vidraçaria devia R$ 100, mas pagou apenas R$ 80, descontando R$ 20 do suposto boné que foi levado pelo ex-funcionário.
Descontente com a quantia recebida no acerto,o ex-funcionário foi até a casa de Santos, junto com um comparsa e fez ao menos cinco disparos de arma de fogo em direção da vítima que caiu morto no pátio da residência em que morava.

Esta é a sexta morte desse mês de dezembro em Caxias. Em novembro foram registradas sete ocorrências de morte violentas. Já o total de homicídios em 2018 chega a 110 casos registrados.

Fonte: Portal Louve

O conteúdo do RS Agora é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Notícias da Semana