Conecte-se conosco

Polícia

Mulher quase é morta a facadas por companheiro e ainda sai como culpada

Publicado

em

No dia 16-03-2019, um crime ocorrido no município de Frederico Westphalen gerou repercussão em todo o estado do Rio Grande do Sul, até mesmo nos estados vizinhos.

Foi manchete em vários jornais “Homem e esfaqueado pela esposa e foge pela janela”, porém alguns meses do ocorrido se passaram e o caso teve uma grande reviravolta.

A versão dos fatos que foi divulgada, foi escrita com base ao depoimento do marido da mulher, cujas as iniciais são C.R.A.

A mulher que foi identificada pelas inicias T.R.M, que na época, foi considerada suspeita do crime, passou a ser considerada vítima. Isso por que o resultado da perícia apontou as digitais de seu companheiro na arma usada no crime.

A mulher sofreu vários golpes de arma branca e teve até mesmo as suas cordas vocais cortadas. Depois de alguns meses após o crime, a mulher voltou a falar e finalmente pode dar a sua versão.03

O suspeito foi preso, porém ficou apenas duas semanas na prisão, pagou fiança e foi liberado. O homem tem um histórico violento contra a vítima. O processo segue aberto.

Vítima teve o pescoço cortado

O conteúdo do RS Agora é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Notícias da Semana